terça-feira, 5 de agosto de 2014

Uma "tragitória" e outras tragicomédias


A seleção entra na reta final da copa...


...e tem quatro "letras" pra preencher. Supera a
primeira (Chile).



A Argentina também escala sua "pedreira".


Preenchemos a segunda letra (Colômbia), mas a um preço alto.


Neymar reforça... a torcida.


O verdadeiro substituto do craque só pode ser o experiente e vitorioso Felipão.


Felipão esquece a si mesmo, resolve "surpreender" entrando aberto e consegue: 
o melhor meio campo da copa se surpreende... com a facilidade para golear!




A copa incrementa o monstrinho da infla...


Pra seleção, resta um jogo secundário...


...onde somos outra vez goleados.




Gran finale de copa, ao"padrão fifa" de ser.
E a vida segue , com suas antigas e novas tragicomédias:














Charges publicadas entre 28/06 e 03/08/2014 in "Diário Popular" (Pelotas/RS).
Técnicas: nanquim em bico de pena, pincel, cabo de pincel e pincel seco; canetas nanquim, aguadas de aquarela.
Tiras de "Rango", publicadas in mensário "Extra Classe" (Porto Alegre/RS, junho e julho/2014).
Técnica: grafite e aquarela.